sexta-feira, 27 de setembro de 2013

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Algumas pessoas eu prefiro não ler! Livros são mais interessantes.

(Elisabete coelho)


quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Se você quer um pedacinho do Paraíso, acredite em Deus.
Mas se você quer conquistar o mundo, acredite em você
porque Deus já te deu tudo o que você precisa
para você vencer.

:::: Augusto Branco



As pessoas gostam do ideal de liberdade de expressão 
até o momento em que começam a ouvir aquilo 
que elas não gostariam que dissessem a respeito delas.


:::: Augusto Branco



Quando tu vires uma pessoa te pedindo ajuda, rastejando, 
quase não podendo levantar a mão para que tu a socorras, 
tomai cuidado em observar se ela não tem parentesco com cobra.


::: Augusto Branco

Os cegamente apaixonados que me perdoem, mas amor próprio é fundamental!

:::: Augusto Branco



Pessoas sem caráter são dissimuladas, sem moral, de má índole!Esse tipo de pessoa desconhece o significado da palavra consciência.

(Elisabete Coelho)


quinta-feira, 19 de setembro de 2013

"Algumas pessoas se destacam para nós (...) Não importa quando as encontramos no nosso caminho. Parece que estão na nossa vida desde sempre e que mesmo depois dela permanecerão conosco. É tão rico compartilhar a jornada com elas que nos surpreende lembrar de que houve um tempo em que ainda não sabíamos que existiam. É até possível que tenhamos sentido saudade mesmo antes de conhecê-las. O que sentimos vibra além dos papéis, das afinidades, da roupa de gente que usam. Transcende a forma. Remete à essência. Toca o que a gente não vê. O que não passa. O que é (...) Com elas, o coração da gente descansa. Nós nos sentimos em casa, descalços, vestidos de nós mesmos. O afeto flui com facilidade rara. Somos aceitos, amados, bem-vindos, quando o tempo é de sol e quando o tempo é de chuva. Na expressão das nossas virtudes e na revelação das nossas limitações. Com elas, experimentamos mais nitidamente a dádiva da troca nesse longo caminho de aprendizado do amor. "
(Ana Jácomo)

"Tem gente que entra na nossa vida de forma providencial e se encaixa naquela história que gosto de imaginar: surpresas que Deus embrulha pra presente e nos envia no anonimato.
Surpresas que só sabemos de onde vêm porque chegam com o cheiro dele no papel."
(Ana Jácomo)

E se não quisermos, não pudermos, não soubermos, com palavras, nos dizer um pouco um para o outro, senta ao meu lado assim mesmo. Deixa os nossos olhos se encontrarem vez ou outra até nascer aquele sorriso bom que acontece quando a vida da gente se sente olhada com amor. Senta apenas ao meu lado e deixa o meu silêncio conversar com o seu. Às vezes, a gente nem precisa mesmo de palavras.
(Ana Jácomo)

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Ninguém acerta sempre e toda história tem pelo menos dois lados, duas interpretações. Posso ter a plena certeza de que estou fazendo o meu melhor. Você pode entender que estou te dando o meu pior. Posso achar que estou fazendo o bem. Você pode entender que estou te ofendendo. Posso me expressar de uma forma que você acha errada. As pessoas são e sempre serão diferentes. Por isso, nós precisamos ter um pouco de paciência, sabedoria e jogo de cintura para lidar com o jeito, a falha, a forma e a bagagem do outro. E vice-versa. 

(Clarissa Corrêa)



Se me perguntarem qual o sentimento que considero mais bonito ou mais importante, vou abrir um sorriso e dizer: O correspondido!
Martha Medeiros

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

OBRIGADO POR INSISTIR

Até o mais seguro dos homens e a mais confiante das mulheres já passaram por um momento de hesitação, por dúvidas enormes e dúvidas mirins, que talvez nem merecessem ser chamadas de dúvidas, de tão pequenas. Vacilos, seria melhor dizer. Devo ir a este jantar, mesmo sabendo que a dona da casa não me conhece bem? Será que tiro o dinheiro do banco e invisto nesta loucura? Devo mandar um e-mail pedindo desculpas pela minha negligência? Nesta hora, precisamos de um empurrãozinho. E é aos empurradores que dedico esta crônica, a todos aqueles que testemunham os titubeios alheios e dizem: vá em frente!
“Obrigada por insistir para que eu pintasse, que eu escrevesse, que eu atuasse, obrigada por perceber em mim um talento que minha autocrítica jamais permitiria que se desenvolvesse.”
“Obrigada por insistir para que eu fosse visitar meu pai no hospital, eu não me perdoaria se não o tivesse visto e falado com ele uma última vez, eu não teria ido se continuasse sendo regida apenas pela minha teimosia e orgulho.”
“Obrigada por insistir para que eu conhecesse Veneza, do contrário eu ficaria para sempre fugindo de lugares turísticos e me considerando muito esperta, e com isso teria deixado de conhecer a cidade mais surreal e encantadora que meus olhos já viram.”
“Obrigada por insistir para que eu fizesse o exame, para que eu não fosse covarde diante das minhas fragilidades, só assim pude descobrir o que trago no corpo para tratá-lo a tempo. Não fosse por você, eu teria deixado este caroço crescer no meu pescoço e me engolir com medo e tudo.”

“Obrigada por insistir para eu voltar pra você, para eu deixar de ser adolescente e aceitar uma vida a dois, uma família, uma serenidade que eu não suspeitava. Eu não sabia que amava tanto você e que havia lhe dado boas pistas sobre isso, como é que você soube antes de mim?”
“Obrigada por insistir para que eu deixasse você, para que eu fosse seguir minha vida, obrigada pela sua confiança de que seríamos melhores amigos do que amantes, eu estava presa a uma condição social que eu pensava que me favorecia, mas nada me favorece mais do que esta liberdade para a qual você, que me conhece melhor do que eu mesma, apresentou-me como saída.”
“Obrigada por insistir para que eu não fosse àquela festa, eu não teria agüentado ver os dois juntos, eu não teria aturado, eu não evitaria outro escândalo, obrigada por ficar segurando minha mão e ter trancado minha porta.”
“Obrigada por insistir para eu cortar o cabelo, obrigada por insistir para eu dançar com você, obrigada por insistir para eu voltar a estudar, obrigada por insistir para eu não tirar o bebê, obrigada por insistir para eu fazer aquele teste, obrigada por insistir para eu me tratar.”
Em tempos em que quase ninguém se olha nos olhos, em que a maioria das pessoas pouco se interessa pelo que não lhe diz respeito, só mesmo agradecendo àqueles que percebem nossas descrenças, indecisões, suspeitas, tudo o que nos paralisa, e gastam um pouco da sua energia conosco, insistindo.
Martha Medeiros

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Ter  o espírito livre  é não conseguir se aprisionar a ninguém.
Não significa que essa pessoa não é amada ou não ama alguém, significa que  justamente por ter esse espírito de liberdade é uma pessoa livre.
Nascemos só e morremos só. Cada pessoa é unica na sua essência, sentimentos, momentos, cada  um tem a sua personalidade, carrega a sua bagagem, cada qual precisa de espaço ,um tempo para ficar só!Ser livre é saber que você precisa do outro, mas pode viver sem ele.
 O mundo não gira em torno de duas pessoas, pelo contrário viver é muito mais do que isso.

(Elisabete Coelho)


"Você não pode ter tudo o que deseja ou você vive a liberdade ou você vive na prisão."

Elisabete Coelho



quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Hoje eu acordei   e percebi  que  o sol nasceu e eu despertei  novamente para a vida.
Nos pequenos detalhes Deus me mostra as transformações!
Me deparo diante da janela da sala, observo a antiga casa aonde eu morava sendo destruída!  folhagens, flores, sendo trocadas de lugares.
Aos poucos eu me deparei novamente com uma realidade parecida com outras que eu senti.
Percebo que todos esses anos eu aprendi a me adaptar a todas as situações e as mudanças da vida e que a única coisa que fica é a história! O melhor de todas as mudanças é que ninguém pode me roubar  ou destruir as lembranças boas que eu vivi.
Aprendi que na vida tudo é uma questão de  aceitar e saber que  tudo se transforma e se renova basta eu me olhar no espelho e ver que eu não sou mais a mesma menina de alguns anos atrás, porque além de todas as transformações a mais importante e mais bonita foi a minha por ter sobrevivido a todas elas.

(Elisabete Coelho)



terça-feira, 10 de setembro de 2013

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.
Carlos Drummond de Andrade

Aprendi desde cedo que fazer higiene mental era não fazer nada por aqueles que despencam no abismo. Se despencou, paciência, a gente olha assim com o rabo do olho e segue em frente. Imaginava uma cratera negra dentro da qual os pecadores mergulhavam sem socorro. Contudo, não conseguia visualizar os corpos lá no fundo e isso me apaziguava. E quem sabe um ou outro podia se salvar no último instante, agarrado a uma pedra, a um arbusto?... Bois e homens podiam ser salvos porque o milagre fazia parte da higiene mental. Bastava merecer esse milagre."

(Lygia Fagundes Telles)


Mesmo que Mude Bidê ou Balde

Ela vai mudar,
Vai gostar de coisas que ele nunca imaginou
Vai ficar feliz de ver que ele também mudou
Pelo jeito não descarta uma nova paixão
Mas espera que ele ligue a qualquer hora
Só pra conversar
E perguntar se é tarde pra ligar
Dizer que pensou nela
Estava com saudade
Mesmo sem ter esquecido o que passou
Ele vai mudar,
Escolher um jeito novo de dizer "alô"
Vai ter medo de que um dia ela vá mudar
Que aprenda a esquecer sua velha paixão
Mas evita ir até o telefone
Para conversar
Pois é muito tarde pra ligar
Tem pensado nela
Estava com saudade
Mesmo sem ter esquecido que
É sempre amor, mesmo que acabe
Com ele aonde quer que esteja
É sempre amor, mesmo que mude
É sempre amor, mesmo que alguém esqueça o que é amor
Para conversar
Nunca é muito tarde pra ligar
Ele pensa nela
Ela tem saudade
Mesmo sem ter esquecido que
É sempre amor, mesmo que acabe
Com ele aonde quer que esteja
É sempre amor, mesmo que mude
É sempre amor, mesmo que alguém esqueça o que passou


segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Pior do que se sentir perdida é perder-se em si mesmo. No emaranhado do que você acredita misturado ao que você é ou era. O que você acredita, apostando corrida com o que você mais detesta. O que você tem, jogando palitinhos com o que você quer. Seu amor e suas dores na linha de chegada e o coração de juiz em dia de clássico.

Eu não sei se você entende o raciocínio de quem não tem raciocinado ultimamente ou se entende o porquê de certas coisas que não se explicam.

Quando a cabeça não pensa o corpo padece. Mas quando a cabeça pensa demais será que nossa alma enriquece?

Você cheio de indagações e de táticas que não fazem o menor sentido. (pelo menos para você ou pelo menos naquele momento).

Suas certezas mudam, suas prioridades deixam de ser prioridades já que você nem sabe mais o que deseja. Até sabe, mas está tão longe e você tão cansado que o mais fácil é deixar que as prioridades te encontrem e você pode fugir do que não interessa. Seus princípios enfraquecidos te cobram uma atitude e você cobra a coragem.

Seus olhos pesam e seu coração já bate fraco. De tanto que bateu a vida inteira. De tanto chorar amor e fracassos. De tanto chorar pelo leite derramado você decide que se entender é complicado demais. O quente queima e o frio é gelado demais, vai o morno mesmo que não causa sensação alguma e no momento você não tem sequer condições de sentir algo. Sentir dá trabalho e trabalho acarreta uma série de responsabilidades. Responsabilidade é chato demais e não aquece seus pés nos dias frios.

Você enfim, opta por decidir somente pelo necessário. Pelo que realmente vai fazer alguma diferença em sua vida e desiste de tentar equilibrar-se, isso é para artista circense e você nem gosta tanto de circo. Melhor deixar assim.

Uma porta de saída e uma de entrada. O que vale fica e o que não vale que valesse. Nada de culpa ou de noites mal dormidas, nada de coração na boca em de frio na barriga.

Certas coisas não se explicam. Não existem palavras que as descrevam ou soluções que as resolva . Sentimentos, gestos, sonhos e sorrisos. A alma entende e a boca cala.
(Fernanda Mello)

"Quando uma pessoa faz você sofrer, é porque ela sofre profundamente dentro dela, e o sofrimento dela está vazando e se espalhando. 
Essa pessoa não precisa de uma punição, ela precisa de ajuda.” 


- Thich Nhat Hanh



sexta-feira, 6 de setembro de 2013

A ignorância se alimenta de aplausos. A inteligência bebe na fonte do silêncio. A melhor risada é a de dentro. Aquela que os invisíveis não ouvem. 

(Mel Fronckowiak)



quarta-feira, 4 de setembro de 2013

A sorte do amor que teve

Um dia você conhece alguém e se dedica imensamente a essa pessoa...
Você entrega-se à ela com toda alma e coração.
Na verdade, desde então não existe um único pensamento seu em que esta pessoa não apareça.
Você à ama sobremaneira, e chega mesmo a esquecer de si, para cuidar unicamente dela,
até que um belo dia teu mundo desaba e você percebe
cruelmente
que o sentimento que você nutria era só seu,
que não havia nada além daquele teu imenso amor por ela.
Neste dia, não te desaponte, não entristeça.
Olhe para os céus e agradeça por ter conhecido a sublime dádiva do amor,
mesmo que apenas você tenha realmente amado.
E por ter sido real e verdadeiro o teu amor
inspire-se, e cante para sempre os momentos felizes
da sorte do amor que teve...
(Augusto Branco)


Se você não é capaz de cuidar de uma rosa
e chega ao ponto de deixá-la morrer,
cultive apenas os cactos
e seja feliz com os espinhos.
Augusto Branco


terça-feira, 3 de setembro de 2013

“Quando a gente gosta, a gente cuida. Cuida mais do que devia. Gostar é se prevenir do desgosto. A gente nunca sabe o que é suficiente, a gente vai se doando, se gastando, sem pedir troco. A gente gasta mais do que tem e corre atrás para imaginar o que não viveu para não fazer falta à memória mais adiante.”

— Fabrício Carpinejar.


Será que não foi você que pediu para não ser amado?

Ela parou de amar porque você mandou.
Você não notou, mas sua companhia atendeu seu apelo.
Em algum momento, você cansou de receber amor. Em algum momento, você esnobou o amor. 
Em algum momento, você se incomodou de ser amado e disse: “não fique em cima”, “me dê espaço”, “me deixe respirar”, “preciso de liberdade”. 
Você delimitou um teto, demarcou um ponto de amar: mais que isso me incomoda.
Colocou uma régua na boca. Uma fita métrica no lugar das sobrancelhas.
Pôs uma placa de não avance, censurou a ternura.
E o outro lado começou a se reprimir, a se tolher, a esconder o amor até desaparecer, até perder a graça. O outro lado não pretendeu ser chato, incômodo, invasivo. E não estendeu mais as mãos como antes, e não abraçou como antes, e não beijou com a sinceridade de antes, não comentou seu dia como antes. E se apagou progressivamente. Afastou-se como um rio que pede carona para a neblina. Afastou-se pois você pediu para ser amado menos.
Para o amor permanecer, ama-se sem parar. Ama-se sem se preocupar com a quantidade.
É parar o amor que ele some. É estacionar o amor que ele não volta a andar. Quem não aceita amor acaba desamado.

- Fabrício Carpinejar


Chega um momento
em que somos aves na noite,
pura plumagem, dormindo de pé,
com a cabeça encolhida.
O que tanto zelamos
na fileira dos dias,
o que tanto brigamos
para guardar, de repente
não presta mais: jornais, retratos,
poemas, posteridade.
Minha bagagem
é a roupa do corpo.

(Fabrício Carpinejar)


Os amigos são próprios de fases: da rua, do Ensino Fundamental, do Ensino Médio, da faculdade, do futebol, da poesia, do emprego, da dança, dos cursos de inglês, da capoeira, da academia, do blog. Significativos em cada etapa de formação. Não estão em nossa frente diariamente, mas estão em nossa personalidade, determinando, de modo imperceptível, as nossas atitudes.
Quantas juras foram feitas em bares a amigos, bêbados e trôpegos? Amigo é o que fica depois da ressaca. É glicose no sangue. A serenidade.

(Fabrício Carpinejar)



Hoje decidi abrir as gavetas da minha alma. Arrumei, coloquei cada coisa em seu devido lugar. Joguei fora o que não me servia mais e guardei com carinho as peças que tão docemente me acolhem. Abri mão dos ressentimentos mofados, das mágoas fora de moda, dos medos repletos de traças, para que sobrasse o maior espaço possível para guardar o que realmente me serve, me veste, me aquece e me torna melhor. 

- Erick Tozzo


domingo, 1 de setembro de 2013

"- Mestre, como faço para não me aborrecer? 
Algumas pessoas falam demais, outras são ignorantes. 
Algumas são indiferentes. 
Sinto ódio das que são mentirosas. 
Sofro com as que caluniam.
- Pois viva como as flores, advertiu o mestre.
- Como é viver como as flores? - perguntou o discípulo.
Repare nestas flores, continuou o mestre, apontando lírios que cresciam no jardim. 
Elas nascem no esterco, entretanto, são puras e perfumadas.
Extraem do adubo malcheiroso tudo que lhes é útil e saudável, mas não permitem que o azedume da terra manche o frescor de suas pétalas.
É justo angustiar-se com as próprias culpas, mas não é sábio permitir que os vícios dos outros o importunem.
Os defeitos deles são deles e não seus. Se não são seus, não há razão para aborrecimento.
Exercite, pois, a virtude de rejeitar todo mal que vem de fora.
Isso é viver como as flores."