quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Algumas histórias têm que ficar no passado para que a gente encontre sentido e poesia no presente. Para que a memória não se sinta aprisionada num lugar de dúvidas e dor. Para que, ao dormir, os sonhos não sejam povoados por uma identidade que não nos define mais.

__ Fabíola Simões

Nenhum comentário:

Postar um comentário